Search
  • burricodorada

Tempo de Advento - Natal e Ano Novo no Baixo-Alentejo

Monte do Carvalhal, 1 de Dezembro 2020



Monte do Carvalhal, 1 de Dezembro 2020


É chegada a época mais bonita do ano, pelo menos para mim.

Mas em tempos de tantas incertezas e de frágeis promessas, procuramos, cada um de nós viver este tempo com a certeza de que a Saúde é porém, o maior bem que podemos receber e conservar.

Não faz sentido falar de ofertas, nem de prendas, quando os tempos que atravessamos, nos pedem também alguma contenção no meio de tantas restrições e confinamentos. Pessoalmente, não vivo o Natal com o propósito de adquirir “resmas” de ofertas e de presentes para toda a gente.

Não me cabe a mim julgar a forma como cada um vive esta época, apenas peço que tentemos pelo menos adquirir as lembranças natalícias no Comércio Local, procurando sobretudo o que é Nacional, afinal, Feito em Portugal, é Bom, é Português.

Sugiro que procurem por isso este ano, fugir ao que sempre adquirem, os perfumes, os bombons, os Telemóveis, as Consolas, os Vales de Roupa da Loja A, B ou C, e tentem procurar Produtores Locais que tentam vender os seus produtos em diversas Lojas e Espaços Próprios nas vossas cidades, vilas e mesmo on-line.

E porque não, se for possível, darem um salto a algumas Vilas ou Cidades Alentejanas e descobrir Sabores, Artigos feitos de forma Artesanal e ajudar os pequenos Empresários e Artesãos? E porque não, tentar levar o seu próprio e pequeno agregado familiar este ano e descobrir um Natal ou uns dias de férias fora da sua cidade?

É até possível passar a sua Consoada em inúmeros Alojamentos Locais, Turismos Rurais e Hotéis Rurais no nosso Baixo-Alentejo. Muitos estão já a divulgar os seus espaços, tal como nós, estejam atentos!

Já pensaram até em adquirir os vossos Doces, Fumeiro, Queijos, Azeites, Vinhos & Espirituosos perto do Alojamento que escolherem?! Bem sei, que nem todos o poderão fazer, mas os que puderem ajudar os pequenos Empresários no interior, a todos agradecemos de coração.

Descobri com a minha mudança para o Baixo-Alentejo este ano, inúmeros locais e produtos de qualidade irrepreensível e que podem facilmente adquirir em Serpa, Moura, Vidigueira, Vila de Frades, Cuba, Beja.

Estou a lembrar-me por exemplo da Casa Cavalheiro em Moura, que produzem os seus próprios Enchidos – as Linguíças, o Catalão, a Chouriça de Carne, os Torresmos, a Papada, a Entremeada, o Toucinho, o Presunto, a Paleta, deliciosos!

Já para não falar dos Queijos fantásticos (“DOP SERPA” de Ovelha) da Eira da Vila, Tradiserpa, o Requeijão 100Histórias, em Serpa , ou das Queijarias Pacheco na Cuba, Almocreva ou Alcino em Beja, muitos deles até já enviam para as vossas casas, é só procurar saber!

E pode sempre adquirir o nosso bom Pão Alentejano em inúmeras Padarias, nós até o fornecemos diariamente aos nossos Clientes, até no dia 25 ou 1 de Janeiro😉 e, aconselhamos alguns dos locais onde o Pão ainda é “Pão”.

E como não só de Pão vive o homem, em Terra de Azeite e Vinho, como a nossa, mal seria se não deixasse algumas boas referências a adquirir com certeza e, até visitar quando for possível – O Azeite DOP de Moura, os Azeites da Vidigueira, Herdade dos Cotéis, Quinta N.Sra. das Neves, mas também os Biológicos da zona de Serpa, como Olival da Risca, e o meu preferido Herdade da Mingorra e o nosso, Burrico, este apenas para consumo da casa, por agora 😉.

E então os doces, perguntam vocês?! Pois, sem eles, o Natal não seria o mesmo...A par de procurar dar a conhecer aos nossos Clientes, o que é Local e genuíno nos nossos Pequenos Almoços, eu própria procuro descobrir e provar alguns dos doces na região, alguns que até sejam muito parecidos com os que a minha Avó do Monte fazia e até agora, poucas desilusões tenho tido, ou seja, as minhas papilas gustativas não têm saído descontentes de cada prova efetuada...

Desde Popias, a Oitos, a Borrachos, a Pastelinhos de Gila, a Bolos Folhados e Folhadinhos, a Esses de Azeite, a Bolos da Amassadura, a Costas, Popias Caiadas, Tartes de Amêndoa, a Fogaças, Azevias, venham daí a experimentar os sabores deste cantinho do Alentejo, seja em Moura, em Brinches, Pedrogão do Alentejo, até na Casa Paixão, em Serpa, famosa pelas suas Queijadas, descobrimos Bolo Rei e Rainha - como no antigo e famoso Luís da Rocha (conhecido igualmente pelo seu Porquinho Doce, as suas Trouxas de Ovos, Queijadas de Amêndoa e Empadas) em Beja ou, os maravilhosos Doces Conventuais nas Maltesinhas e até Bombons & Chocolates Artesanais na Mestre Cacau e, sabores caseiros na ArtPão em Beja (para mim o melhor Pão e a melhor Tarte de Amêndoa). E se é Vegetariano, tem opções de Salgados e Doces nos Sabores do Campo, também em Beja. Vêm, assim até podem até encomendar e saborear na vossa Consoada, estes sabores típicos, caseiros e sim, autênticos, isso vos garanto.


Muitos outos Produtores existem que não mencionei, podem encontrar muitos dos seus produtos também à venda em pequenas lojas de bairro ou espaços como o Intermarché, em Moura, Serpa & Beja, e muitos de excelente qualidade, seja de Doçaria, Padaria, Fumeiro, Carnes de Porco Preto, Queijos Curados, Amanteigados & Frescos, Azeites e Vinhos, eu própria adquiro alguns.

E o Vinho, perguntam vocês?! Pois, como Enófila, e amante da descoberta de novos Néctares, tanto Vinhos como Aguardentes, Licorosos, Espumantes, o Alentejo já por si é uma Região tão rica em Aromas, e também por isso construímos Tours Vínicos Privados a partir de Évora e Beja, tentamos dar a conhecer a todos os que nos visitam esta região vitivinícola, única. Perto do Monte, temos fantásticos Enoturismos, Adegas de Produtores que vale a pena conhecer, degustar e adquirir não só para a Ceia de Natal, mas para ir descobrindo sempre que quiser. Perguntam qual aconselho, mas apenas posso dizer, que, se vierem, vale a pena tirar pelo menos 2 dias para conhecer tantos tesouros: Granja Amareleja, Adega Marel, Monte da Capela, Cortes de Cima, Herdade Grande, Ribafreixo, Adega Cooperativa da Vidigueira, Quinta do Quetzal, Quinta do Paral, Herdade do Rocim, Herdade do Sobroso, Herdade dos Machados, Paço do Conde, Figueirinha, Herdade da Mingorra e muito mais! E já que está a pensar vir até cá, pense em aprender sobre o Vinho de Talha, que por cá se faz desde o tempo dos Romanos. Tire 1 Dia para conhecer a sua história no Centro Interpretativo do Vinho de Talha (Vila de Frades) e saborear o dito, aconselho a Casa das Talhas (ACV) na Vidigueira e em Vila de Frades a Honrado na sua Cella Vineria Antiqua, a ACV – Vinho de Talha, a Adega do Mestre Daniel (Projecto Talhas XXVI) em Vila Alva ou na Quinta da Pigarça na Cuba. Depois, passe nas Ruínas Romanas de S.Cucufate, no Convento de Nossa Senhora das Relíquias do Carmo da Vidigueira , na Casa-Museu Quinta da Esperança, há mesmo muito para descobrir este Natal, no Ano Novo, ou quando quiser. E não se esqueça dos verdadeiros Vinhos de Pias, não desses que encontra em BaginBox no Supermercado, mas os genuínos, apenas produzidos pela Família Margaça e, já agora, se é para fazer o gosto ao dente, almoce no Adro em Pias, um dos meus espaços de restauração favoritos, a par de muitos aqui na zona, que também aconselho – O Vermelhudo, O Molho, Retiro do Ernesto - em Moura, O Alentejano e o Molhó Bico em Serpa, a Adega País das Uvas e o Restaurante da Quinta do Quetzal em Vila de Frades, ou no fantástico Dom Dinis em Beja.

Mas, se procura ainda outro tipo de ofertas, porque não considerar um Passeio de Barco no Grande Lago com a AlquevaTours, uma Aventura de Canoagem com a AlentejoBreak, um Jeep-Safari a partir do Museu do Medronho, um Passeio de Balão com a Emotion, ou um Workshop de Prova de Vinhos com a Burrico D´Orada. Vê, tem mesmo muito para fazer por estes lados!... Até pode ir adquirindo uns Vouchers de Oferta de Experiências, é sempre algo que ninguém espera 😉.

E se lhe falta inspiração, procure saber e dar a conhecer os pequenos Tesouros do Artesanato Local desta Região, produtos feitos à Mão e que de forma tão genuína e cuidada, procuram preservar o Saber de Gerações passadas e divulgá-las no presente e no futuro. Peças Decorativas em Cortiça, em Buinho, Mobiliário em Madeira de Ferreira do Alentejo, Cestaria, Calçado Artesanal, a Olaria de Beringel, as Mantas Alentejanas em Lã, coloridas e únicas. Se querem ter mais informações, por favor visitem https://cm-beja.pt/pt/2244/artesanato.aspx , descubram alguns deste artigos no pequeno Comércio em Serpa, Moura, Vidigueira, Beja, Cuba, Beringel, os Artesãos agradecem a vossa ajuda.

E claro, se vier mesmo, não deixe de visitar mesmo os concelhos de Barrancos, Moura, Serpa, Vidigueira, Cuba, Alvito, Beja, Mértola, Almodôvar, Aljustrel, Ferreira do Alentejo, Castro Verde e Ourique, todos eles parte integrante do nosso Baixo-Alentejo!

Podia continuar a enumerar diversos motivos para virem descobrir o Baixo-Alentejo interior e tornar o vosso Natal diferente, mais rico em História, Gastronomia, Cultura, mas apenas deixo para todos os vós um pedido:

_ Neste Natal e mesmo no Ano Novo, comprem Local, ajudem o pequeno Comércio, os Pequenos Empresários e Artesãos, comprem Portugal. Todos nós agradecemos. Afinal, ao adquirir Produtos, Estadias, Experiências (Locais), está também a ajudar a manter o sustento de muitas Famílias, de toda uma Comunidade, porque o interior, precisa mesmo muito de Si, hoje e sempre.


Muito grata.

Bem hajam.

Esperamos por vocês, no Baixo-Alentejo.


Rita Valadas


#rtvaladas #burricodorada #alentejo #baixo-alentejo #vinhosdoalentejo #azeitedoalentejo #lugaresdorio #serpa #moura #vidigueira #viladefrades #beja #vilaalva #cuba #natalnoalentejo #anonovonoalentejo #anonovo #comerciolocal #artesanatodoalentejo #melhoralentejo

#alentejolovers #fique_emportugal #compreportugal #cimbal #compreoqueénosso

#alojamentolocal #turismorural #porcopreto #vinhosdetalha #artesanatodoalentejo

#gastronomiadoAlentejo #cleanandsafe #turismodoalentejo #visitalentejo #turismodeportugal

#slowlivng #slowtourism #slowfood #juntospelomundorural





329 views0 comments

Recent Posts

See All